O corpo do produtor de eventos Mateus Pagalidis, 26 anos, que estavadesaparecido desde 6h deste domingo (3), na Zona Norte de São Paulo, está no Instituto Médico Legal (IML) Oeste da capital paulista. A causa da morte ainda não foi divulgada.

O tio de Mateus Achiles Pagadilis publicou no Facebook por volta das 10h desta terça-feira (5) que o corpo do jovem foi reconhecido no IML nesta manhã. “Agradeço o empenho, a divulgação, as mensagens e toda ajuda de todas as partes do Brasil que tivemos”, disse o tio. Um amigo do jovem também confirmou a morte ao G1.

Na noite de sábado (2), Mateus passou por uma balada chamada Carlos Capslock, perto de Moema. Antes de ir para esta balada, Pagalidis tinha ido com o amigo Alexandre Pilar assistir ao show da banda The Get Up Kids, no Carioca Club, em Pinheiros, na Zona Oeste de São Paulo.

Por volta das 21h30, o show acabou, e os dois amigos saíram do local por volta das 22h. Pilar seguiu para um jantar com um amigo e Pagalidis foi para a balada.

“Só tive notícias dele de novo por volta das 6h, quando recebi uma ligação de um taxista. Ele falou que meu amigo tinha invadido o táxi dele quando ele parou para abastecer em um posto de combustível. Disse que o Mateus estava bastante alterado e dizia que tinha sido vítima de um golpe, estava sem celular e sem a carteira. Ele entregou para o taxista um papel com meu celular”, afirmou Pilar.

Ainda segundo o amigo, o taxista informou que levaria Pagalidis até o hotel em que os dois estavam hospedados, também em Pinheiros. “Mas aí o taxista chegou sozinho, sem meu amigo. Ele disse que Mateus pulou do carro dele depois que ele viu alguma coisa. Isso foi perto da Ponte da Casa Verde.”

Parentes e amigos do produtor fizeram uma campanha nas redes sociais para tentar encontrar o paradeiro dele.

SEM COMENTÁRIOS